, Vol. 11, No 20 (2010)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

CONTROLE POSTURAL APÓS A EXPOSIÇÃO A UM CONFLITO SENSORIAL

Danielle Brandalize

Resumo


Introdução: As informações sensoriais usadas pelo sistema de controle postural para manter o equilíbrio do corpo dependem, em parte, das informações disponíveis no ambiente. Em situações, nas quais há um conflito sensorial, ou seja, uma incongruência das informações provenientes dos sistemas visual, somatossensitivo e vestibular, o sistema nervoso central deve ser capaz de repesar a importância dada para cada informação e selecionar aquela mais adequada. Objetivo: O objetivo deste estudo foi investigar se indivíduos cronicamente expostos ao conflito sensorial, sofrem alterações do equilíbrio logo após serem submetidos a tal conflito. Metodologia: Quinze indivíduos expostos cronicamente ao conflito sensorial participaram do estudo. As avaliações do equilíbrio foram realizadas na postura ereta, sobre uma plataforma de força (AMTI), em seis condições experimentais, nas quais as informações sensoriais foram manipuladas. Análises de variância de medidas repetidas (ANOVA) foram realizadas para cada variável do centro de pressão, para verificar as diferenças entre pré e pós-exposição. Resultados: Os resultados mostraram que a amplitude de deslocamento AP foi significativamente maior após a exposição aguda ao conflito sensorial nas condições em que a superfície de apoio estava instável e a informação visual foi mantida normal e imprecisa, respectivamente (C4= 43.8% e C6 = 15.5%; p 0.05). Conclusão: A exposição crônica ao conflito sensorial causou uma habituação nos participantes deste estudo, de modo que o peso atribuído a cada sistema sensorial não mudou após uma exposição aguda ao conflito.

Texto Completo: PDF